Em dia de festa, distinguem-se, de forma simbólica, personalidades, cujo percurso cívico e profissional ou as suas ações sejam consideradas relevantes em prol do mutualismo, da solidariedade e da cidadania, projetos mutualistas e trabalhadores das mutualidades.

Anualmente, a União das Mutualidades Portuguesas atribuir as seguintes distinções: Prémio Mutualismo e Solidariedade, Cidadania e Solidariedade, Prémio Inovar para Melhorar e Prémio Trabalhador do Ano.

Em 2022, decidiu atribuir o Prémio Cidadania e Solidariedade ao Primeiro Ministro, António Costa, pela “sua ação na definição e prossecução de políticas públicas mitigadoras do impacto económico e social da pandemia e da guerra na Ucrânia e empenhamento na agenda europeia para o Pilar Europeu dos Direitos Sociais é reveladora da centralidade que concede aos valores da liberdade e da dignidade humana”. Além disso, a “especial atenção que tem dedicado à compreensão e valorização do setor social, e das mutualidades em particular, enquanto pilar do Estado Social” esteve também em cima da mesa no momento de ponderação da UMP.

O Prémio Mutualismo e Solidariedade Internacional reconhecerá o papel de Juan António Pedreño, presidente da CEPES (confederação espanhola de economia social) e da SEE (Social Economy Europe), na afirmação da economia social na Europa. Graduado em Ciências Químicas, pela Universidade de Granada, e Pós-graduado em Cooperativismo e Economia Social, pela Universidade de Múrcia, “é uma personalidade proeminente na revitalização da economia social no velho continente”. “Visionário e impulsionador do crescimento empresarial no seu país, é defensor na adoção de um modelo de crescimento inclusivo e respeitoso com o planeta”, pode ler-se na nota de fundamentação da atribuição desta distinção, na qual é ainda sublinhado que “Juan António Pedreño fala de uma nova adaptação à nossa forma de viver e trabalhar perante os grandes desafios sociais, económicos e ambientais, o que representa valores fundamentais do Mutualismo como a solidariedade, igualdade, cidadania e a inclusão”.

O Prémio Mutualismo e Solidariedade é anunciado durante as comemorações do Dia Nacional do Mutualismo.

A União das Mutualidades Portuguesas atribui o Prémio Inovar Para Melhorar a um projeto de uma associação mutualista, com traços de inovação e modernidade, que produza impacto na comunidade e seja replicável no Movimento.

Um júri altamente qualificado avalia as cinco candidaturas submetidas, em áreas como o apoio à terceira idade, saúde, bem-estar, migrações e requalificação de edifício e lançamento de novos serviços. Conheça AQUI todos os projetos e detalhes sobre este Prémio.

O Prémio Trabalhador do Ano reconhece o desempenho e a atitude dos trabalhadores e voluntários das associações mutualistas. O vencedor é anunciado nas comemorações do Dia Nacional do Mutualismo, em resultado de uma votação online.