A União das Mutualidades Portuguesas comemora o Dia Nacional do Mutualismo em 27 de maio.

Os dados mais recentes trazidos à luz pelo livro “Origens do Mutualismo em Portugal”, que a União das Mutualidades Portuguesas orgulhosamente editou, revelam-nos que a primeira organização com práticas que observavam os princípios mutualistas da ajuda mútua e da reciprocidade, foi fundada em maio de 1176, no reinado de D. Afonso Henriques, em Fungalvaz, localidade da freguesia de Assentiz, Torres Novas.

Celebramos um percurso de mais de oito séculos ao lado dos portugueses, em que o mutualismo foi percursor de um modelo de previdência e proteção social (que o Estado não proporcionava) que, mais tarde inspiraria a segurança social que hoje conhecemos. Foi pela ação dos mutualistas que, em 1916, pela primeira vez, se criou o Ministério do Trabalho e Previdência Social, na orgânica de um governo em Portugal.

Neste Dia Nacional do Mutualismo evoca-se a História do Movimento Mutualista, reflete-se sobre o presente e os desafios do futuro, homenageiam-se personalidades que se distinguem no setor do mutualismo, solidariedade e da cidadania, premeiam-se projetos inovadores desenvolvidos por mutualidades e trabalhadores, e damos início a um novo roteiro da Chama Mutualista, que percorre anualmente as associações mutualistas espalhadas pelo território nacional.

Estas comemorações representam, também, um ponto de encontro de dirigentes, técnicos e colaboradores das mutualidades, figuras proeminentes da economia social, académicos, pensadores, políticos, historiadores, e de pessoas que querem saber mais sobre este movimento secular.

Celebre connosco!